Selfies no Instagram divulgam desaparecidos

Com apoio de famosos, ação independente de criativos tenta ajudar ONG Mães da Sé a localizar pequenos perdidos

POR RAISSA COPPOLA
Do Meio & Mensagem

As fotos que as pessoas fazem de si, popularmente conhecidas como selfies, foram o ponto de partida para a The Selfind Project, uma ação de ativação para a ONG Mães da Sé, que há 18 anos atua para encontrar crianças desaparecidas. Pensada pelos criativos Marcos Müller (RockerHeads) e Ben Araujo (ex-Africa), a iniciativa convidou famosos a postarem fotos no Instagram junto com imagens de menores estampadas nas capas de seus smartphones. Tudo com o objetivo de dar visibilidade aos pequenos perdidos e também ao endereço da organização na rede social.

O movimento foi organizado independentemente pela dupla de criação, que afirma ter tido o insight e oferecido a ideia a diversas agências. Nenhuma aceitou participar. “Ouvimos não de todas. Como acreditávamos no projeto, resolvemos bater na porta da Mães da Sé e tivemos autorização para seguir em frente”, declara Müller.

Depois de ter conseguido autorização para dar início ao The Selfind Project, foi hora de convencer personalidades a encamparem o conceito. Todos os participantes foram abordados via e-mail e orientados a postar as imagens sob a hashtag #Selfind. As apresentadoras Sabrina Sato, Angélica e Fernanda Lima foram algumas das celebridades que aderiram ao projeto.

A ação também contou com o apoio da empresa Print4Me, que comercializa capas personalizadas para smartphones. A empresa doou as 32 unidades com fotos de crianças desaparecidas utilizadas nos cliques.

Fonte: Proxxima



Vamos tomar um café?

Gostaríamos de conhecer um pouco mais sobre a sua empresa e, assim, propormos as melhores estratégias de marketing digital. Aumente seu volume de negócios, conte com a gente!


Whatsapp (19) 9 9958-8021