Google deve apagar links com dados de usuários

Anunciada nesta terça-feira, 13, a decisão do Tribunal de Justiça da União Europeia (TJUE) prioriza a escolha dos usuários

O Tribunal de Justiça da União Europeia (TJUE) decidiu que empresas de ferramentas de busca, como o Google, devem conceder aos usuários do mecanismo o direito de apagar links com suas informações pessoais, armazenadas pelos servidores.

Segundo informações da agência de notícias AFP, a decisão da justiça está baseada na ação apresentada por um cidadão espanhol que solicitou a retirada de seus dados pessoais da busca do Google.

O tribunal disse que “qualquer pessoa tem o direito de ser esquecida na internet, sob certas condições”. Entre os requisitos está a inadequação dos dados, quando as informações são consideradas não pertinentes ou deixaram de ser, por causa do tempo transcorrido.

O espanhol que iniciou a ação fez uma denúncia, em 2010, à Agência Espanhola de Proteção de Dados (AEPD) contra o jornal La Vanguardia e o Google. O órgão não aceitou o pedido no que se referia ao jornal porque considerou que as informações foram publicadas legalmente, no entanto ordenou ao Google que retirasse as informações da busca.

A empresa, por sua vez, recorreu à Audiência Nacional Espanhola, que levou o caso ao TJUE. A decisão final foi dada nesta terça-feira, 13. A justiça entendeu que a empresa que administra a ferramenta de busca tem responsabilidade no tratamento das informações que armazena.

Do Meio & Mensagem

Fonte: Proxxima



Vamos tomar um café?

Gostaríamos de conhecer um pouco mais sobre a sua empresa e, assim, propormos as melhores estratégias de marketing digital. Aumente seu volume de negócios, conte com a gente!


Whatsapp (19) 9 9958-8021