Geofeedia: ferramenta monitora redes sociais com filtro de localização

Fernando Paiva

Monitorar o que as pessoas falam nas redes sociais sobre determinado assunto, celebridade ou marca é relativamente fácil com as ferramentas de busca disponibilizadas pelos próprios sites. Mas realizar o mesmo monitoramento adicionando como filtro uma área da cidade, que pode ser desde um bairro inteiro até um estádio, uma praia ou um prédio específico, é algo novo. Essa é a proposta da Geofeedia, uma plataforma de monitoramento de redes sociais por geolocalização desenvolvida nos EUA e distribuída no Brasil pela Exponential. A primeira tela da ferramenta é um mapa com vista de satélite. Nele, o usuário busca a cidade desejada e então desenha sobre a imagem a área específica que deseja monitorar. A ferramenta permite determinar áreas circulares com até 15 Km de diâmetro, quadrados com até 15 Km de lado ou polígonos livres, com suas retas desenhadas pelo usuário. No Rio de Janeiro, por exemplo, é possível delimitar o monitoramento apenas do Maracanã ou de toda a Zona Sul da cidade. A partir da demarcação, a ferramenta começa a exibir todas as publicações feitas naquela área em seis redes sociais diferentes: Facebook, Twitter, Instagram, YouTube, Flickr e Picasa. É possível estabelecer uma gravação sem prazo final, para armazenar dali em diante tudo o que é publicado naquela área. Os posts podem aparecer sobre o mapa ou listados em um formato de mural. Cabe ressaltar que a Geofeedia coleta apenas os posts públicos. Ou seja: publicações feitas em perfis protegidos não aparecem. Na prática, no Brasil, como a maioria dos usuários de Facebook restringe o acesso a seus amigos, a ferramenta encontra poucos resultados nessa rede social. Por outro lado, há muitos resultados do Twitter e do Instagram, cujos perfis geralmente são abertos. Os mapas são providos pela Nokia e o motor de busca, pela Microsoft. A pesquisa é feita em tempo real, destacando as publicações mais recentes. É possível puxar resultados mais antigos para a mesma área e definir palavras-chave como filtros. A Geofeedia indica também os usuários mais ativos e influentes por região e por palavra-chave. Pode-se definir alertas por palavra-chave e região, recebendo por email qualquer ocorrência. Segundo Ivan de Souza, CEO da Exponential, a Geofeedia foi usada pela polícia norte-americana na investigação do atentado na maratona de Boston. Pela ferramenta os policiais encontraram uma pessoa que estava perto do local e que havia tirado várias fotos e postado textos sobre o incidente. Acompanhando a localização das publicações seguintes da pessoa no Twitter, a polícia descobriu onde ela morava e foi até lá colher seu depoimento para a investigação. A Geofeedia ainda está definindo seu modelo de negócios no Brasil, mas a ideia é cobrar uma assinatura mensal com diferentes faixas de preço de acordo com a quantidade de resultados gerados. Souza acredita que agências de publicidade e marcas ligadas ao varejo estariam entre os principais interessados. A Geofeedia pode ser também uma ferramenta útil para políticos medirem sua popularidade em seus redutos eleitorais.

Fonte: Mobile Time



Vamos tomar um café?

Gostaríamos de conhecer um pouco mais sobre a sua empresa e, assim, propormos as melhores estratégias de marketing digital. Aumente seu volume de negócios, conte com a gente!


Whatsapp (19) 9 9958-8021