Aplicativo promete medir vício em smartphones

Em casa, no ônibus, no restaurante, na academia, no shopping… em qualquer lugar. Se você não larga a mão do smartphone por onde anda e sente o coração acelerar quando se distancia dele, precisa conhecer o aplicativo que promete medir quão viciado está.

Disponível só para Android, o “Menthal” monitora o tempo que o usuário passa no telefone, quais aplicativos acessa e outros hábitos corriqueiros. Depois, bola estatísticas para informar se o nível de uso está exagerado, mede o progresso do “paciente” e até avisa sobre o eventual risco de doenças decorrentes da dependência, como a depressão.

As análises baseiam-se nas atividades. Por exemplo, se o usuário passa muito tempo no Facebook, responde a mensagens e interage em posts de amigos, o sistema vai entender o comportamento como um indicador de que a rede social faz bem a ele e pode contribuir positivamente para seu o estado de espírito.

“Suspeitamos que o uso pode mudar durante uma fase depressiva. Os pacientes farão menos ligações e tenderão a sair menos de casa”, explica o professor Thomas Schläpfer, líder do estudo que deu origem ao app. “Se isso pudesse ser monitorado – com a devida permissão dos usuários e de acordo com as leis de privacidade”, poderia ajudar os médicos a prever algumas intervenções”, acredita.

O embrião da plataforma nasceu na Universidade de Bonn, na Alemanha. Um time de psicólogos e cientistas da computação estudou como 50 estudantes utilizaram seus celulares por um mês e meio. Ao término, o grupo percebeu que quase 30% deles interagiram com os aparelhos por mais de duas horas diárias e o pegaram nas mãos cerca de 80 vezes para checar se havia novas mensagens.

(Baixe o Menthal para conhecê-lo)

Fonte: Olhar Digital



Vamos tomar um café?

Gostaríamos de conhecer um pouco mais sobre a sua empresa e, assim, propormos as melhores estratégias de marketing digital. Aumente seu volume de negócios, conte com a gente!


Whatsapp (19) 9 9958-8021